STELLANTIS: O nome do novo grupo que resulta da fusão entre a FCA e o Groupe PSA

download-pdf
download-image
download-all

AVISO IMPORTANTE

Ao ler este Comunicado, o leitor concorda em estar vinculado às seguintes limitações e qualificações:

O comunicado serve apenas para fins informativos e não constitui nem uma oferta, nem um convite para uma troca ou venda, nem uma proposta de subscrição ou de compra, nem um convite para troca, compra ou subscrição de títulos, do todo ou de uma parte das atividades ou dos ativos aqui descritos, ou envolve qualquer outro interesse ou solicitação de voto ou de aprovação em qualquer jurisdição relativa à transação nele referida ou, de outra forma, não havendo lugar a uma venda, emissão ou transferência de títulos em qualquer jurisdição em violação da lei aplicável. Este comunicado não deve nunca ser interpretado como uma recomendação direcionada ao leitor.

Este comunicado não é nem um prospeto nem um aviso informativo ou qualquer outro documento de oferta no âmbito do Regulamento (UE) 2017/1129 do Parlamento Europeu e do Conselho de 14 de junho de 2017.

Uma oferta de títulos nos Estados Unidos no âmbito de uma operação de agrupamento de empresas só será feita, se necessário, através de um prospeto como parte de uma declaração de registo efetiva, registada junto da US Securities and Exchange Commission (“SEC”). Os acionistas da Fiat Chrysler Automobiles N.V. ("FCA") e da Peugeot S.A., naturalizados nos Estados Unidos ou domiciliados nos Estados Unidos são convidados a ler a declaração de registo se e no momento em que for declarada em vigor pela US Securities and Exchange Commission (“SEC”), pois nela se incluirão informações importantes sobre a inerente operação. Poderão obter-se cópias de todos os documentos depositados na SEC sobre a operação proposta, documentos de referência e documentos depositados pela FCA na SEC, no portal da SEC em http://www.sec.gov. Para além disso, a declaração de registo efetivo será disponibilizada gratuitamente aos acionistas nos Estados Unidos.



Vélizy-Villacoublay e Londres, 15 de julho de 2020

 

STELLANTIS :  O nome do novo grupo que resulta da fusão entre a FCA e o Groupe PSA

 

Num importante passo à medida que avançam para a conclusão da sua fusão 50:50, conforme definido no Acordo de Combinação anunciado a 18 de dezembro de 2019, a Peugeot SA ("Groupe PSA") e a Fiat Chrysler Automobiles NV ("FCA") (NYSE: FCAU / MTA: FCA) anunciam hoje que o nome corporativo do novo grupo será STELLANTIS.

STELLANTIS  tem origem no verbo latino "stello", que significa "iluminar com estrelas". O nome inspira-se nesse novo e ambicioso alinhamento de marcas automóveis lendárias e com culturas empresariais fortes que, com esta união, criam um dos novos líderes da próxima era da mobilidade, ao mesmo tempo que preservam todo o valor excecional da nova empresa, bem como os valores das partes que a constituem. STELLANTIS  combinará a escala de um negócio verdadeiramente global com uma excecional amplitude e profundidade de talento, conhecimento e recursos capazes de fornecer as soluções de mobilidade sustentável para as próximas décadas. As origens latinas do nome homenageiam a história rica das empresas fundadoras, enquanto a evocação da astronomia capta o verdadeiro espírito de otimismo, energia e renovação que impulsionam esta fusão que vai mudar o setor automóvel.

O processo de identificação do novo nome começou logo após o anúncio do Acordo de Fusão e as administrações de ambas as empresas estiveram intimamente envolvidas ao longo de todo o processo, com o apoio do Publicis Group.

O nome  STELLANTIS  será usado exclusivamente para se referir ao Grupo, como uma marca corporativa. O próximo passo no processo será a revelação de um logótipo, que juntamente com o nome, se tornará a identidade da marca corporativa. Os nomes e os logótipos das marcas constituintes do Grupo STELLANTIS  permanecerão inalterados.

Conforme mencionado anteriormente, a conclusão do projeto de fusão é esperada para o primeiro trimestre de 2021, sujeita às habituais condições de fecho de negociações, incluindo a aprovação pelos acionistas de ambas as empresas, nas respetivas Assembleias Gerais Extraordinárias, e a satisfação de análises de concorrência e outros requisitos regulatórios.

Scroll